Acontece:

DETERMINAÇÃO PARA SERVIR






Untitled document

Determinação Para Servir.

Revisitando a comunidade de Mateus

 

                     

              A compreensão de “servir”, expressa no Evangelho de Mateus, expõe o paradigma do discipulado cristão no mundo: uma causa.

            Às vezes, temos a idéia de que quem é chamado para exercer determinado ministério, seja clérigo ou leigo, é para ser diferente das outras pessoas; para ser colocada num patamar de maior importância, de destaque, de reconhecimento. Este tipo de compreensão do “servir” coloca no caráter pessoal toda a razão de seu ministério: o desprendimento pessoal, o esforço pessoal, a consagração pessoal, etc.

            Jesus nos oferece o modelo do “servir” quando refere a importância deste ato, não apenas na pessoa, mas na causa pela qual ele deve fazer. Diz que foi enviado ao mundo para servir e dar a sua vida em resgate de outras vidas. A causa do “servir” é o resgate, proteção e salvação das vidas humanas. Neste sentido, a causa, que podemos definir como a missão de Deus, é maior do que a própria vida e, por ela, se pode consumir a própria vida.

            Quando servimos nesta dimensão, podemos receber as orações ou as reclamações, louvores ou críticas; mas isto não faz nenhuma diferença.                                                 

            Quando estamos devotados às causas humanitárias nós podemos, muito rapidamente, experimentar decepções e mágoas. Encontraremos ingratidão das pessoas, mesmo aquelas que foram beneficiadas com o nosso altruísmo. Entretanto, o Evangelho nos mostra que a nossa razão para servir ao mundo, tendo Cristo como exemplo, tem como base o amor de Deus. Assim, nenhuma ingratidão ou aplauso poderá nos impedir ou nos afastar da alegria de compartilhar a boa nova de Cristo aos corações humanos.

            Pois, enquanto haver pessoas que ainda não foram alcançadas pela Graça restauradora de Deus, revelada em Cristo, ficamos em débito para com elas, e, devemos servi-las até que saibam que Cristo deu a sua vida a favor delas, para que o reconheçam como Senhor e Salvador.

            Como cristãos e cristãs, servimos aos nossos semelhantes por causa D’aquele que nos amou primeiro. Esta é a nossa determinação de servir o Evangelho de nosso senhor e Salvador Jesus Cristo.

  

Luiz Vergílio Batista da Rosa - Bispo e Pastor do Rebanho


 

 

 

  

  




INFORMATIVO EPISCOPAL Jul/2017

As Boas Novas de Salvação
Acompanhe aqui as palavras do Bispo Luiz Vergílio

Vídeos

Conheça a iniciativa da AIM para o mês da Mulher
Cadastro Nacional de
Igrejas e Pastores

Pesquise também:

Boletim Eletrônico
Informe seu nome e e-mail para receber nosso boletim eletrônico.
Nome:
E-mail:
2ª Região Eclesiástica - Rua São Vicente, 180 - Rio Branco - Porto Alegre - RS - Cep 90630-180 - Fone: 51 3332.0226
Desenvolvido por: