Acontece:




Untitled document

Segunda Região Eclesiástica

43º Concílio Regional

 

Palavra dos Editores

A Igreja Metodista no Brasil confessa sua fé em Deus Pai, Filho e Espírito Santo e proclama o Seu amor pela Criação. A transcendência e imanência divinas revelam, além de poder e glória, esse amor manifesto em plurais sinais de vida que se opõem aos sinais de morte. Isso fica claro no Evangelho de Jesus Cristo.

No Evangelho, a encarnação de Deus como Cristo mostra-nos que é preciso ter olhos que enxerguem para além da realidade aparente, que não nos condicionem o pensamento e a imaginação com o que o sentido da visão nos dá. É preciso perceber a mão de Deus e o seu propósito para todos nós (Ef 1. 3-14).

A Igreja Metodista, coerente com essa perspectiva evangélica, estabeleceu como seus temas nacionais: Discípulas e discípulos nos caminhos da Missão: servem com integridade, para 2018, e Discípulas e discípulos nos caminhos da Missão: cuidam do meio ambiente. Tais afirmações de vida implicam entender que todos os metodistas, homens e mulheres, enquanto discípulas e discípulos (significa entender participantes na obra de Cristo e não simplesmente seguidores, admiradores ou imitadores), aceitam que na Missão de Deus de consolidar o seu Reino (consolidar, porque o Reino já foi inaugurado por Jesus entre nós) há plurais oportunidades de co-operar (operar com) com Deus, porém, de um único modo: servindo com integridade, na perspectiva ensinada na Carta Pastoral que orienta a Igreja nesse princípio ético, publicada pelo Colégio Episcopal.

A Integridade, na perspectiva apresentada pela Carta, implica a prática de uma ética da alteridade (em nosso caso, a ética cristã), com o reconhecimento do outro como companheiro no processo cotidiano de nos tornarmos seres humanos melhores. O Plano para a Vida e a Missão da Igreja Metodista (PVMI), nessa perspectiva da alteridade, afirma que trabalhar na Missão de Deus implica somar esforços com outras pessoas e grupos que também trabalham na promoção da vida. Esta assertiva se fundamenta no Credo Social com o qual a Igreja se apresenta à sociedade brasileira: o compromisso dos Metodistas com o bem-estar da pessoa total, em todas as suas dimensões, engajando-nos, como seus membros, em sua realização.

Uma das oportunidades de praticarmos o Cristo na Missão de Deus está em nossa participação no cuidado com o meio ambiente. Um cuidado que não aceita mais o antigo paradigma que separava o ser humano da natureza.  E, sim, um cuidado original, que afirma que a Criação é una, e que ao ser humano cabe, no compromisso assumido com Deus, cuidar do ambiente que lhe dá as condições de existência. E assim, reciprocamente, cuidar, por sua vez, das condições de existência desse ambiente; porque, se Deus criou, é sagrado, e se é sagrado, precisa ser respeitado e cuidado. Nessa perspectiva de relação dialógico-existencial, a compreensão que se desenvolve entende por Vida Plena toda a Criação, em suas plurais formas de manifestação no mundo (Rm 8. 18-25). Assim, buscando compreender e praticar a vontade de Deus, a Igreja Metodista reconhece ser fundamental apoiar todas as iniciativas que preservem e valorizem a vida humana [incluído aqui o tratamento humanizado, na perspectiva divina, da natureza] e denunciar por palavras e pela prática, todas as forças e instrumentos contrários à manifestação da Vida Plena (PVMI).

A Segunda Região Eclesiástica, no seu 43º Concílio Regional, realizado em novembro de 2017, na cidade de Canoas, RS, consciente do compromisso com as duas temáticas do Plano Nacional Missionário (PNM), aprovou o seu Plano Regional Missionário (PRM) para o biênio 2018-2019, estabelecendo como Ênfase Regional trabalhar “Por uma igreja saudável: acolhedora, capacitadora e missionária”. Para tanto, disciplinou seus objetivos, diretrizes e referências, e medidas e indicadores”, em nove eixos de ação: (1) Avanço missionário, (2) Culto, (3) Escola Dominical, (4) Discipulado, (5) Educação e capacitação, (6) Comunicação, (7) Arte e música, (8) Administração e, (9) Trabalho com crianças.

Olhando para a caminhada realizada no biênio anterior, recordando (lat. re/outra vez, cor/coração) ao trazer à memória o que lhe podia dar esperança (Lm 3. 21) e avaliando (revendo os modos, os resultados e os aprendizados obtidos), a Segunda Região Eclesiástica, de modo conciliar, agradeceu a Deus por tudo no que pode com Ele co-operar e reconheceu no que não conseguiu ainda tornar real a Sua vontade.  Na melhor perspectiva paulina, a Igreja olhou para frente e, sentindo seu coração wesleyanamente aquecido, planejou-se para o próximo biênio (Fl 3. 13-14).

O registro dessas recordações, nas quais a Região, evangelicamente, fez passar outra vez pelo seu coração as memórias, avaliou o quão forte foi sua prática de Cristo em termos de modos, resultados e aprendizados, e planejou-se para o futuro, encontra-se no presente documento que editamos.

Por fim, nesta apresentação de Atas e Documentos do 43º Concílio Regional, queremos firmar nosso agradecimento especial à sra. Ana Maria Marques Garin, por todo o seu trabalho cuidadoso, competente e amoroso para com os assuntos da Igreja Metodista no RS, trabalho que facilitou o nosso.

Agradecemos a Deus, o Senhor da Vida, por mais uma oportunidade de registrar a história da Sua Igreja no sul do País, no contexto de sua estrutura e atuação no Brasil. Isto fazemos, orando, para que a Igreja Metodista continue a praticar a oração de John Wesley, quando ele rezou: Entrego-te toda a minha posição e conceito social. Possa eu nunca valorizá-las a não ser em respeito a Ti, nem esforçar-me por mantê-las, a não ser enquanto prestarem a Ti serviço e avançarem a Tua honra no mundo. É o que nos fará, metodistas, perseverar, como praticantes do Cristo, a sermos uma Igreja saudável: acolhedora, capacitadora e missionária, que, evangelicamente, denuncia, anuncia e ora incessantemente Venha o Teu Reino Senhor...


Pelo Reino, sempre.

 

Porto Alegre, RS, 2018.

 

Rev. Norberto da Cunha Garin,

Prof. Edgar Zanini Timm,

Editores de Atas e Documentos 43º C.R./IM/II R.E.

 

 

ATA 43ºCR - 1ª SESSÃO 

 

ATA 43º CR - 2ª SESSÃO

 

ATA 43º CR - 3ª SESSÃO

 

ATA 43º CR - 4ª SESSÃO

 

 

Para baixar o Documento Completo, solicite o código de acesso a Sede Regional faça o login na caixa Conteúdos Restritos, no canto inferior direito de nossa página.

 


 

 




INFORMATIVO EPISCOPAL Jul/2017

As Boas Novas de Salvação
Acompanhe aqui as palavras do Bispo Luiz Vergílio

Vídeos

Confira o vídeo sobre a 23ª edição da Campanha Nacional de Oferta Missionária
Cadastro Nacional de
Igrejas e Pastores

Pesquise também:

Boletim Eletrônico
Informe seu nome e e-mail para receber nosso boletim eletrônico.
Nome:
E-mail:
2ª Região Eclesiástica - Rua São Vicente, 180 - Rio Branco - Porto Alegre - RS - Cep 90630-180 - Fone: 51 3332.0226
Desenvolvido por: