Acontece:




Untitled document

133 anos de Metodismo em Bento Gonçalves

A 133 anos atras a Igreja Metodista Episcopal do Sul, no Uruguai, enviou para a Província de São Pedro do Rio Grande do Sul o Dr. João da Costa Correa, que fez sua primeira viagem de colportagem (venda de Bíblias e literatura religiosa) em 1875.

 

Dez anos depois, passou a residir em Porto Alegre e inicia a primeira comunidade metodista gaúcha, a Igreja Metodista Central em Porto Alegre, atual Catedral. Com a  família do Rev. Correa veio a jovem Carmem Chacon, pioneira na educação metodista.

No livro de registro de batismos da IM Bento Gonçalves, consta que o Rev. Correa esteve na  Colônia Dona Isabel (Bento Gonçalves) em abril de 1887, onde efetuou o batismo de quatro crianças das famílias Marcon e Baccin, podendo considerar esta visita como o início da atividade religiosa metodista entre os imigrantes italianos, que começaram a chegar na Região Colonial Italiana a partir de 1875. Muitos deles já haviam conhecido a fé evangélica na sua Pátria, em contato com os Valdenses.

Outros, por relações de amizade ou compadrio, fizeram na travessia de navio para a nova Terra ou quando do seu estabelecimento nas demais Colônias, a saber, Conde D'Eu ( Garibaldi), Nova Palmira ( Caxias do Sul), Alfredo Chaves (Veranópolis) e Forqueta Baixa ou Forqueta do Caí, Linha Bonita (Gramado), seguidos de Carlos Barbosa, Guaporé e Farroupilha.

O trabalho Metodista nesta Região recebeu, vindos de Montevidéu, dois Pastores italianos, por conta de sua origem, tendo em vista que a língua materna era muito usada. Bento Gonçalves passa a ser pastoreada pelo Rev.Carlos Lazzare, em 1888 e tem sua fundação marcada pela recepção de 43 membros, em data de 27 de março de 1889, com a presença do Rev. João da Costa Correa.

Em Bento Gonçalves, durante os primeiros tempos, reuniam-se nas próprias casas; depois, num "acanhado salão de outrora", conforme relato do Rev. João Vollmer, publicado no jornal O Testemunho, quando relatava sua visita há dezesseis anos antes, quando estivera por aqui em companhia do Rev.Correa. Posteriormente, aconteceu a aquisição de um terreno e a construção do atual prédio, resultado do trabalho árduo de sua membresia.

Restava uma dúvida então: quando efetivamente foi inaugurado este Templo?
De acordo com a pesquisa feita pelo historiador Vicente Dalla Chiesa, em arquivos na Igreja Metodista do Uruguai (Atas da sétima reunião da Conferência Anual Sul-Americana, 1899), encontra-se carta datada de dezembro de 1898, escrita pelo Rev. Matteo Donatti, que veio para cá em maio deste ano, tendo trocado com Rev. Carlos Lazzare, que foi para Forqueta, com o seguinte teor:

"Em Bento Gonçalves estamos nos preparando para dar uma festa infantil. Os meninos e meninas da escola dominical estão preparados para recitar diálogos, sermõezinhos e hinos; teremos uma árvore de Natal, a primeira que nossas crianças terão o prazer de ver. Entraremos pela primeira vez no templo. As meninas estão ocupadas em cortar papéis para formar bandeirinhas, flores e objetos de iluminação."

Portanto, o atual templo, que ostenta traços da arquitetura de imigração italiana,(tendo esculpidos nos seus degraus de pedra, num lado um sol e noutro três peixes, símbolos do Cristianismo) permanece como testemunho de uma época, no final do século XIX, em que das cinco localidades de atuação Metodista no Rio Grande do Sul, quatro estavam situadas na região colonial italiana.
A fundação da Igreja Metodista em Bento Gonçalves ocorreu ainda no regime da monarquia constitucional parlamentarista, em 27 de março de 1889, antes da Proclamação da República, pelo Marechal Deodoro da Fonseca, em 15 de novembro de 1889.
Parabéns Igreja Metodista em Bento Gonçalves 
133 anos de existência e proclamação do Evangelho de Cristo em Terras gauchas!


 




INFORMATIVO EPISCOPAL Jul/2017

As Boas Novas de Salvação
Acompanhe aqui as palavras do Bispo Luiz Vergílio

Vídeos

Confira o vídeo sobre a Campanha Nacional de Oferta Missionária 2020
Cadastro Nacional de
Igrejas e Pastores

Pesquise também:

Boletim Eletrônico
Informe seu nome e e-mail para receber nosso boletim eletrônico.
Nome:
E-mail:
2ª Região Eclesiástica - Rua São Vicente, 180 - Rio Branco - Porto Alegre - RS - Cep 90630-180 - Fone: 51 3276.1430
Desenvolvido por: